2 Anos Depois Adepto Boavisteiro Continua à Espera de Justiça!

A 3 de Outubro 2016 cumpriram-se 2 anos sobre a agressão de que João Freitas, adepto do Boavista Futebol Clube, foi vitima. Apesar de todas as diligencias desenvolvidas, até à data de hoje não foi possível apurar responsáveis pelo sucedido.

No dia 22 de Maio de 2015 a RTP divulgou uma reportagem sobre o sucedido que pode ser vista através deste link, e que assim permite entender o que se terá passado através da voz da própria vitima:

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=830816&tm=8&layout=122&visual=61

A APDA repudia toda a e qualquer forma de violência associada ao desporto e recorda a importância de um funcionamento justo e célere por parte das instituições que tutelam as investigações a acontecimentos deste género. Não é aceitável que numa situação de violência desta natureza ainda exista alguma réstia de duvida. Dois anos após a sua ocorrência e com os resultados incapacitantes para o visado clinicamente provados a justiça e as instituições já deveriam ter tido a hipótese de averiguar o sucedido e pronunciarem algo sobre o caso.

A APDA alerta que estamos atentos a estas situações e que tudo faremos para as relembrar enquanto não forem resolvidas e mesmo depois de resolvidas para que não se esqueçam e para que não se repitam.